10/05/2013

Carpe Diem...

Momentos...
Momentos, os meus estão bem guardados no meu baú,  todos os meus melhores momentos ,desde  momentos simples como sentir o vento, andar  à chuva, olhar para o infinito, ver um pôr-de-sol,  passear à beira mar... como momentos que me marcaram e me mudaram como pessoa, mulher, amiga... por ai..
Momentos em que as palavras se tornam desnecessárias, porque acabam com a magia do silêncio. Não é preciso ouvir quando se pode sentir com o coração. E é o “sentir” que nos torna vivos pela eternidade. Nós não damos o verdadeiro valor a esses momentos quando os vivemos, apenas quando esses  momentos nos submetam ao teste da memória, e se eles permanecem lá, certamente é porque foram mesmo especiais. E como dizem, não é o tempo que eles duraram, mas a intensidade de como foram vividos.
Muitas vezes não é preciso tocar, nem beijar, nem fazer promessas, pois muitas vezes os olhares dizem muito mais e levam-nos para uma viagem dentro de nossa própria alma.
É preciso viver, sentir o momento, aproveitar o pouco tempo, pois as vezes tudo acontece tão rápido e de forma tão inesperada. A verdade das verdades é que cada vez mais nos temos de ir conformando, pois  aproveitando ou não o momento, a verdade é que cada momento é único e não se vai voltar a repetir... depos desse outros viram, melhores, piores, mas não iguais, por isso vive o momento e se estiver a ser bom aproveita e guarda-o bem no teu  baú, um dia mais tarde vai saber muito bem recorda-lo!!!
Carpe Diem!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado pelo comentário...

Mereces um docinho =)