Mensagens

A mostrar mensagens de Abril, 2008

2 Causas por 1 Causa

Imagem
“Juntar o rosa ao azul, ao verde e ao amarelo dos ecopontos. Sabia que o seu lixo pode ajudar as mulheres portuguesas a detectarem o cancro da mama numa fase precoce? “2 Causas por 1 Causa”, é o lema da iniciativa apresentada, e que resulta de uma parceria estabelecida entre a Sociedade Ponto Verde e a Associação Laço.


A ideia é associar a reciclagem à prevenção do cancro da mama – isto é, com um só gesto, ajudar o ambiente e todas as mulheres portuguesas. Difícil? De acordo com o “spot” publicitário, que servirá de base à campanha e que será lançado na próxima segunda-feira, o gesto não é assim tão complicado e “vai fazer toneladas de diferença”.Por cada tonelada de embalagens, proveniente dos ecopontos e da recolha porta-a-porta, que se consiga reciclar em 2008, a Sociedade Ponto Verde (SPV) vai doar 1,5 euros à Laço, uma associação de voluntariado criada em 2000 para lutar contra o cancro da mama, tanto na fase de prevenção e diagnóstico como nos posteriores tratamentos necessários.


crescer e aprender...

Imagem
É incrível o facto de quando acontece alguma coisa má na nossa vida algo que mexe com o nosso ser mais profundo, algo que mexe com a nossa alma, somos obrigados a crescer ainda mais, somos obrigados a ver o mundo com outros olhos com outra sabedoria… Neste momento não tenho paciência para coisas fúteis coisas banais, não tenho paciência para pessoas egoístas, mimadas, e intolerantes que apenas se preocupam com banalidades, com coisas insignificantes, não tenho paciência para conversas vazias, sem um sentido lógico sem uma única palavra sabia… quando estamos perante algo muito forte onde tudo aqui deixa de fazer sentido, deixamos de ter tempo para brigas, discussões e rivalidades, não tenho tempo para ficar chateada, as coisas más, as coisas desagradáveis, tornam-se insignificantes para mim… o que é mau corto sem medo sem pudor, cheguei a um ponto que tudo isso me passa ao lado completamente ao lado… que gosta de mim acompanha-me e eu sei que esta lá mesmo quando estão ausentes, mesmo …