04/09/2012

Para sempre não é muito tempo...

O médico perguntou ao paciente, um velhinho com 80 anos:

- Tanta pressa?
E ele respondeu:
- Todos os dias a esta hora vou visitar a minha esposa que está num lar.
E o médico comentou:
- Bonita atitude! Então vocês matam as saudades, conversam, namoram um pouquinho!
E o velhinho diz:
- Não! Ela não me já não me reconhece, por causa da doença.
O médico surpreso pergunta:
- Mas então para que tanta pressa, ela já não o reconhece, mais minuto menos minuto não importa!!
E com um sorriso no rosto, o velhinho respondeu:
- Mas eu reconheço-a! Eu sei quem ela é e o que representa na minha vida há tantos anos. Por isso todos os dias eu reconquisto-a, como se cada conquista fosse única e verdadeira. Este é o verdadeiro amor!!!

Quero acreditar que este amor ainda existe, mesmo que ás vezes meio perdido, ausente, distante, escondido, acredito que há pessoas que se amam verdadeiramente, acredito que esse sentimento para muitos ou mesmo para alguns, ainda é respeitado, ainda é verdadeiro, único, mágico e lindo... quero acreditar que o amor eterno e o amor para sempre não é apenas uma ilusão vinda das histórias de encantar que nos contavam quando eramos crianças e acreditávamos perdidamente que o mundo era cor-de-rosa e cheio de princesas e príncipes...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado pelo comentário...

Mereces um docinho =)