04/09/2012

P**a de rotina...

O tempo é inimigo do amor, as relações desgastam-se com o passar dos meses e anos. Os dias passam, tal comos as noites, as luas e as estações e eu continuo a amar-te com a mesma paixão de quando te conheci. Sei que não o consigo demontrar, sei que parece tudo ao contrário mas falta-me algo que não sei o que, nem porque, mas sinto uma tristeza e uma angústia tão grande, sei que o nome para isto deve ser rotina. E esse sentimento oprime-me já o disse várias vezes...
 É triste quando a chama se apaga e ninguem faz nada para a manter acessa. Um relacionamento precisa de ser alimentado, ser cuidado, é preciso muitos momentos a dois, é preciso cultivar o amor, os beijos os abraços, o carinho caso contrário por muito amor e laços que existam entre ambos nunca irá resultar.
Estes momentos a dois não limitam os movimentos, não retiram a liberdade individual mas, pelo contrário, vão dar a sensação exata da grandiosidade do amor, por isso devem acontecer sempre, nem que seja nos mais pequenos cenários, o importante é rirmo-nos, sentirmo-nos felizes, sentirmo-nos amados, pois é atraves do sentimento retirado desses momentos únicos e apaixonados que nos vamos completar um ao outro! Eu amo-te e quero-te, mas às vezes é difícil acreditar que juntos somos capazes de vencer todas as barreiras, porque estamos os dois a remar em sentidos opostos...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado pelo comentário...

Mereces um docinho =)