02/09/2010

Fazer amor ou fazer algo apenas?!

Hoje tudo em mim borbulha saudades…
Tenho saudades de tempos onde tudo corre ás mil maravilhas, daqueles primeiros tempos, onde só se dizem coisas boas e bonitas, onde só se ouve palavras que nos deixam de sorriso rasgado, que nos fazem sentir únicas e especiais, tenho saudades do formigueiro na barriga quando beijamos, do arrepio que dá quando sentimos as mãos da outra pessoa no nosso corpo, saudades do olhar que expressa tanto desejo que dá vontade de rasgar a roupa toda naquele instante só com os olhos, tenho saudades dos tempos de paixão e loucura muitas vezes até um pouco de insanidade, da sensação de fazer amor, daquela óptima sensação de correr paixão, insânia, desejo em todas as nossas veias em vez do banal sangue… das noites vivas e quentes mesmo com um frio de rachar lá fora… de vidros embaciados, onde o desejo é abundante… onde os beijos são intensos, únicos quase que violentos… tenho saudades de sentir este turbilhão de sentimentos, de me sentir viva, de me sentir apaixonada, de me sentir muitas vezes fora de controlo, sem medo de nada…
Não percebo porque há coisas que mudam, será que é porque já não é novidade?! Leva-me a crer que sim, que é por isso…
Fazer amor deixa de ser algo bonito, harmonioso, sublime e lindo para ser apenas algo… é bom ser acordada com beijinhos e carícias ás 03h00 da manha, mas se for todos os dias o cansaço e a sonolência, não deixa viver o momento como gostava de o viver… tenho pena que seja assim… que se perca algo que já foi muito bom, realmente muito bom, único, porque muitas vezes colocamos à frente das relações muitas outras coisas, e deixamos de dar-lhe o devido valor, deixamos de nos preocupar, de querer o melhor, muitas vezes esquecemo-nos que há um sentimento em nós chamado paixão e que ao contrario do que muita gente pensa esse sentimento é muito importante porque numa relação a dois é fundamental que ele exista, talvez seja o ponto crucial para uma relação resultar, não se deve banaliza-lo, é muito importante manter a chama acesa… para isso há que alimentar esse sentimento… é muito importante continuar a haver sedução, encanto, atracção, magia entre os dois… para isso e mais uma vez há que estar em sintonia… dar valor, querer, desejar, amar… e acima de tudo não ser egoísta e banalizar este campo deverás importante com coisas que banais, fúteis, fáceis e acima de tudo muito vulgares…

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado pelo comentário...

Mereces um docinho =)