23/08/2010

O que me faz pensar assim é amar-te muito e conhecer-te...

Estou triste, desiludida, tento á força mentalizar-me que por vezes posso errar ao julgar uma pessoa, tento mentalizar-me que muitas coisas são apenas da minha cabeça...
Juro que quando a insegurança me toma, quando a desconfiança me apanha, a primeira coisa que eu penso, é que as pessoas têm o dom de mudar de aprender e de crescer… quero acreditar que para mim não há mentiras, quero acreditar que realmente pode existir uma relação, que se baseia na verdade, quero acreditar que a idade passa e o que se pede da vida nesta altura é muito diferente de quando tínhamos 19, 20 anos... quero confiar, o que mais quero é viver sem desconfiança…
Mas quando convivemos com certas pessoas durante algum tempo conhecemo-las… e adquirimos algumas certezas…
Não percebo, não compreendo, não quero compreender determinadas atitudes, maneira de ser tão diferente da minha…
Abomino pessoas falsas, mentirosas, e acima de tudo desleais, principalmente quando se trata de um relacionamento a dois… porque se isto existir é meio caminho andado para não dar certo… eu esforço-me muito, mas muito, para por de parte tudo o que seja negativo, tudo o que sirva para destruir os bons sentimentos que trago dentro de mim, mas está-se a tornar difícil…
Dia após dia, começo a acreditar piamente naquela máxima, que já muitas vezes ouvi e oiço e senti na pele… de quem faz uma vez faz duas ou três…
há pessoas que nunca estão satisfeitas com o que tem, que andam sempre á procura de mais e mais, que gostam do joguinho do engate, que só pensam em sexo, sexo, mulheres, mulheres e mais sexo… e hoje em dia com a desocupação que algumas pessoas têm, e com a oferta que há na Net… tudo isso se torna muito mais acessível e alcançável… e para estas pessoas estes joguinhos tornam-se um vício, porque gostam do resultado, faz bem ao ego e a auto-estima, e pensam que fazem isto e nunca se irá saber, que quesm esta ao seu lado não se ira aperceber.. mas as mentiras têm perna curta e mais cedo ou mais tarde, as coisas acabam por vir ao de cima e assim acabam por estragar a relação, perdem quem os ama verdadeiramente, quem é leal honesta e fiel pessoas que pensam em construir família, ao invés de andarem na net a promoverem-se e darem-se, que se sentem completas, que podem ser as pessoas mais complicadas ao cimo da terra, confusas comodistas, mimadas, teimosas… mas que não precisam de procurar mais ninguém, que não precisam deste tipo de jogos, que querem apenas e somente a pessoa que se ama...e o resto, o resto não interessa… quando se tem o que nos preenche não faz sentido procurar mais ninguém… isto sim é de valor…
porque o que procuro não é um numero, mas sim um amor… um amor verdadeiro… Quando penso nisto, dá-me cá dentro um sentimento cruel… uma vontade enorme de virar costas, por medo de sofrer, com medo de me decepcionar, posso ser paciente, compreender, aceitar determinadas situações, mas há coisas que me revoltam, me chateiam, e coisas que não aceito… é por estas razões que, não acredito a 100% nesta relação, que não acredito a 100% no F., magoa-me demais pensar assim, só eu sei o que me magoa… eu tento acreditar, tento confiar… não ando à procura de pegadas mal dadas dele, jamais iria procurar algo que me pudesse dar alguma certeza de tudo o que estou a expor aqui, por uma simples razão tenho medo de achar… porque sei que vou achar… às vezes sem procurar, as coisas vem ter comigo quando mais… eu vejo, sinto, observo… por isso muitas vezes prefiro viver na ignorância… dói menos, magoa menos, decepciona menos, ofende menos…
Talvez devesse pagar na mesma moeda… e em vez de me dedicar á minha relação e a ele exclusivamente…, claro que eu sou mulher, se um homem bonito e vistoso passa por mim claro que me vai chamar a atenção, tenho olhos na cara… e o que não falto por ai são homens mas são pensamentos que ficam comigo, nascem e morrem naquele momento não passam disso pensamentos passageiros, sem importância…
talvez se entrar também nestes joguinhos do engate, trocar mensagens, falar no msn e assim… quiçá assim também deixasse de me importar, de me preocupar, de sofrer com certas atitudes… ás vezes é o que certas pessoas merecem, ter alguém na sua vida igual… sinceramente… estou a ponderar… mudar muita coisa na minha maneira de ver a vida e de agir perante ela… e será assim… basta ter um motivo… uma certeza… porque sou mulher... e ele sabe bem que basta eu querer... que por este mundinho da Net existem muitos mas muitos homens que andam à procura deste tipo de joguinhos, basta eu dar a entender isso e fazer por isso.. basta eu querer que isso aconteça , mas se isso acontecer, então a relação está perdida, porque uma relação não se constrói em cima destas coisas… hoje estou triste, amargurada, desiludida, decepcionada, sem vontade nenhuma de pensar em “amor”… estou mesmo muito triste... pensei que comigo seria diferente, mas há coisas que não mudam… há pessoas que não nasceram para amar… e hoje estou assim…
talvez as coisas também não sejam como eu estou a pintar… mas só eu sei o que já sofri… e não quero voltar a sentir o que já senti, gostava que fosse diferente, gosto demais do F. e gostava que desse certo… bem sei que o que escrevi não faz sentido, estão imensos sentimentos misturados... mas foi muito sentido…

"O que sinto não é traduzível...Expresso-me melhor pelo silêncio e pela escrita."

O que me faz pensar assim é amar-te muito e conhecer-te...

2 comentários:

  1. Olá !!

    Compreendi na perfeição as tuas palavras.

    Por vezes sabemos o que é certo , vimos tanta coisa que ignoramos , sabemos que o caminho provavelmente não é o que levamos mas amamos e isso complica tudo .

    Depois há a insegurança, o medo , a solidão , a desconfiança que nos faz ficar cegos ...

    É verdade o velho ditado " quem procura acha " quando vamos á procura devemos estar concientes que podemos encontrar o que não queremos e que depois de achar ou não somos "obrigados" a tomar uma atitude que por vezes não é a que queremos.

    Enfim...

    Um relacionamento , amar é complicado...

    Blue

    ResponderEliminar
  2. Concordo a 100% contigo Blue... amar, um relacionamento, é muito complicado e por vezes muito dificil...

    um beijinho*

    ResponderEliminar

Obrigado pelo comentário...

Mereces um docinho =)