10/11/2009

Responsabilidades

Sabem, o facto de saber que as pessoas faltam ao emprego, apenas porque lhe dói a barriga ou a cabeça, porque estão maldispostas, ou por isto ou por aquilo deixa-me reticente...Logicamente que as pessoas adoecem, não é isso que ponho em causa, longe de mim, mas faltarem várias vezes…hummm… eu trabalho há 7 anos, já tive várias vezes doente, constipada e com gripe, cheguei a ir trabalhar com febre … (hoje em dia isso não podia acontecer, porque febre e espirros significam 7 dias em casa), e quando acordo com uma daquelas enxaquecas, que só quem tem é que sabe como é, ou mesmo dores de estômago insuportáveis, daquelas que me sinto quase a desmaiar… e aqueles dias horríveis, que não apetece ver nem ouvir ninguém, que as lágrimas saltam dos olhos sem conseguir controla-las… e vou para o trabalho a parecer que levei um murro em cada olho, pois é mas nunca telefonei a dizer que não ia, nunca faltei, não é propriamente, pelo boss, porque se for preciso dá-me um pontapé no rabo e xau, é o mais certo, é porque é uma responsabilidade minha, um dever meu… e eu sinto-me mal comigo mesma se não cumprir esse dever. Eu sei que não sou reconhecida por isso, porque as coisas boas são sempre esquecidas. Mas mesmo assim, acho que faltar ás vezes por capricho, ou porque ter uma dor de barriga até é conveniente para ficar na cama o dia todo sem fazer nenhum, e a coisa resolve-se com uma justificação médica resultante de uma ida ás urgência, é de pessoas irresponsáveis, imaturas, sem profissionalismo… trabalhar ás vezes é uma m*rda principalmente quando não se tem nenhum prazer naquilo que se faz e quando a desmotivação toma conta de nós e muitas vezes não apetece, muitas vezes o ir trabalhar é acima de tudo um martírio… há trabalhos que desgastam uma pessoa, que dão uma enorme vontade de nem sequer por lá os pés. eu sei do que falo acreditem.. Mas não é por isso que vou faltar há minha responsabilidade. Porque o boss não reconhece, mas reconheço. E profissionalmente sei o meu valor… e orgulho-me disso…

3 comentários:

  1. e geralmente esse pessoal baldas é que se dá bem... e é reconhecido... tu és das minhas... daquelas que um dia vamos ter uma vitrine la em casa para colocar as medalhas de cortiça que vamos receber ao longo da vida! :)

    jinhos

    ResponderEliminar
  2. Lol... bem Lebasiana viva as medalhas de cortiça =)

    bijus**

    ResponderEliminar
  3. há pessoas que por oa mais diversos motivos faltam.

    eu sou daquelas que se sente pessima por faltar.

    Julgo que quando é por uma dorzinha leve é uma verdadeira irresponsabilidade, até porque subrecarregamos os nossos colegas

    temos que ser uns para os outros

    ResponderEliminar

Obrigado pelo comentário...

Mereces um docinho =)