15/02/2009

Mais um ano que passei o dia de S. Valentim sozinha, não é que enquanto tenha tido namorado desse muita importância a este dia, mas era o dia dos namorados e o meu estava ali, podia-lhe dar beijinhos e recebe-los, podia abraçar e ser abraçada, podia vê-lo a sorrir e sorrir para ele e claro como era da praxe havia a troca de postais, era uma das coisas que não dispensávamos neste dia… era bom… era um dia que eu sabia que o tinha ao pé de mim e isso dava-me tranquilidade, segurança, era mesmo muito bom… Mas já lá vão 3 ou 4 anos que o passo sozinha sem poder partilhar este dia com ninguém… sem poder amar…

Isto dos amores tem muito que lhe diga… pois em 27 anos de vida amei uma vez, amei com todas as forças que tinha, amei talvez de forma errada, mas amei, e sei que fui amada… sei que nunca mais vou viver aquele amor, é impossível, mas sei também que irei viver o amor de outra forma… agora apaixonada, sentir aquela paixão, que nos tira o fôlego, que nos deixa com sorrisos parvos no rosto, que nos faz sonhar acordadas, essa senti também uma vez… há 10 meses, sempre pensei que estava apaixonada pelo meu ex-namorado mas a verdade é que houve tanta coisa que não senti, tantas emoções, tantas sensações… mas senti-o agora, algo que desencadeou em mim sentimentos com os quais nunca tinha vivido, senti desejo de estar perto, de sentir, de tocar, de beijar, senti desejo do cheiro do seu corpo… enfim… mas, para alem de tudo isso, ele é o tipo de pessoa que me cativa, que me provoca, que muitas vezes me deixa irritada com as atitudes… uma pessoa completamente imprevisível… e eu gosto disso… a nossa curta historio durou mais ou menos 9 meses… uma historia muito curta e muito incerta mas que deixou marcas em mim… ao ponto de ontem ter desejado estar com ele… mas não quis o destino que assim fosse… muitas vezes compreendo, outras vezes queria mesmo era continuar a viver esta paixão… já pouco nos falamos optamos por nos afastar, era o melhor para ambos, eu porque estava a viver uma mentira e uma ilusão, ele porque precisa de organizar as ideias e decidir o que quer realmente da vida. E continuo a dizer. O que tiver que acontecer vai acontecer… mais cedo ou mais tarde é apenas uma questão de tempo...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado pelo comentário...

Mereces um docinho =)