18/09/2008

Um ano...

Já lá vai um ano desde que comecei a escrever … um ano, incrível, num ano aconteceram inúmeras coisas, boas e más, desde um amor que pensava ser impossível de esquecer e que provei a mim mesma que nada é inexequível, ninguém é insubstituível, novas amizades, que no entanto esmoreceram devido a sermos pessoal totalmente diferentes, amizades antigas que se distanciaram mas que já voltaram ao seu lugar, mas ainda há alturas em que me sinto desiludida com eles, desilusões essas foram abundantes neste ano, houve sonhos perdidos, muitas ilusões, perdas eternas, pessoas que passaram para o “outro lado” sendo uma delas a minha avó que tanta falta me faz, todos os dias, uma nova paixão que entrou de rompante na minha vida e permaneceu talvez em termos dúbios, mas tenho esperança, quero ter, que isso se altere e que possa viver esta paixão de alma e coração, … foram tantas as emoções, foram alegrias, foram tristezas, foram risos e sorrisos, mas foram muitas lágrimas também… Foi um ano em que me senti perdida, muitas vezes não encontrei o caminho certo e muitas vezes caminhei pelo errado, também o mais fácil… mas quando vou por esse, não me reconheço e paro, e começo um novo caminho … se é o certo ou errado não sei… mas com certeza irei saber… mais cedo ou mais tarde… entretanto vou continuar a escrever aqui no meu espaço os meus devaneios...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado pelo comentário...

Mereces um docinho =)