31/10/2007

A origem do Halloween

O Dia das Bruxas ou Halloween, é uma comemoração de origem tradicional, que ocorre todos os anos no dia 31 de Outubro, nos países anglo-saxónicos, com especial relevância nos Estados Unidos, Canadá, Irlanda e Reino Unido, tendo como base e origem, as celebrações pagãs dos antigos povos celtas. De acordo com manuscritos históricos a origem do Halloween remonta às tradições dos povos que habitaram a Gália, onde hoje geograficamente estão Portugal, Espanha e a Itália, e as ilhas da Grã-Bretanha, entre os anos 600 A.C. e 800 D.C., embora com diferenças em relação às actuais abóboras ou da famosa frase "trick-or-treat", exportada pelos Estados Unidos, que popularizaram a comemoração. Na sua origem, o Halloween não estava relacionado com as bruxas.Era um festival do calendário celta, era um feriado comemorado com alegria e homenagens aos mortos e aos deuses, que marcava o fim do Verão, o início do Ano Novo e as fartas colheitas, o festival de Samhain – o Senhor dos mortos, celebrado no dia 1 de Novembro.
Eles acreditavam que na véspera deste dia, 31 de Outubro, Samhain chamava todos os espíritos que, durante os doze meses passados, tinham sido condenados a habitar em corpos de animais. Costumavam reunir-se em volta de uma fogueira na comunidade,e ofereciam os seus animais e as suas colheitas.Os druidas acreditavam que era nessa noite que a terra entrava em contacto próximo com o mundo espiritual.Usavam disfarces feitos de cabeça e pele de animais de maneira a assustar e amedrontar os espíritos que estavam à procura de corpos. Para se livrarem destes espírito tinham que lhes dar comida ou oferecer-lhes algo. Se os espíritos ficassem satisfeitos com o que lhes davam, deixavam as casas em paz. Caso contrário faziam um "trick", ou rogavam uma maldição de destruição sobre as pessoas que ali residiam.
Por ser uma festa pagã foi condenada na Europa durante a Idade Média. Aqueles que comemoravam esta data eram perseguidos e condenados à fogueira pela Inquisição.
O actual costume do "trick-or-treat", começou na Irlanda há centenas de anos, logicamente com base nos costumes Druidas. Um grupo de trabalhadores do campo, de uma pequena cidade, resolveu fazer uma festa de Halloween em homenagem aos seus antigos deuses. Andavam de casa em casa mendigando comida para a festa. Aos que contribuíam generosamente desejavam boa sorte e aos que não contribuíam faziam ameaças.
A comemoração do Halloween – como entre o pôr-do-sol do dia 31 de Outubro e 1 de Novembro, ocorria a noite sagrada (hallow evening, em inglês) acredita-se que assim se deu origem ao nome actual da festa: Hallow Evening – Hallowe'en – Halloween – levada até aos Estados Unidos pelos emigrantes irlandeses (povo de etnia e cultura celta) no século XIX, ficou conhecida como o Dia das Bruxas.Em mais de dois mil anos de existência a festa de Halloween tornou-se tradicional em muitos lugares do mundo devido à grande influência da cultura americana. A data virou uma festa tradicional na qual crianças e adultos fantasiam-se e pedem doces de casa em casa. As cores que simbolizam o Halloween são o laranja, o preto e roxo. Neste dia celebram-se personagens como fantasmas, bruxas, vampiros, Jack o lanterna, abóboras, morcegos, caveiras, esqueletos, monstros, demónios, aranhas e outros elementos relacionados com o medo e o mundo da magia, bem como os lugares para que o seu imaginário remete, como cemitérios, mansões assombradas, lugares escuros. Um dos maiores símbolos deste dia é a abóbora esculpida, iluminada por uma vela e colocada à porta das casas. A lenda nasceu no folclore irlandês quando um homem, Jack, foi obrigado a andar sozinho e nunca deixar apagar a sua vela para que o seu caminho fosse iluminado. Para o efeito esculpiu um nabo e colocou-a lá dentro. Como nos Estados Unidos não existiam nabos as pessoas usaram as abóboras para o efeito, que se tornou um símbolo mundialmente famoso.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado pelo comentário...

Mereces um docinho =)