25/10/2007

Hoje é o dia

Hoje acordei e senti-me vazia, sentei-me no cadeirão à frente da janela a pensar o que estava certo e o que estava errado na minha vida, o que queria e o que não queria, o que é ou não uma prioridade.. e chega de pensar no passado, quero cortar com tudo o que me liga a ele mas é tão difícil... tentei e consegui, conheci pessoas que nada tem a ver com o passado e foi bom, foi bom fazer novas amizades ainda que todas essas amizades sejam de um mundo um pouco diferente, um mundo que não pertence totalmente ao meu, aquelas ou aquela que pertence ao meu mundo, pertence também ao meu passado, e quer queira ou não, sempre que estou perto destas amizades sinto-me perto do passado e isso faz-me mal, muito mal, porque há pessoas nesse passado que ainda não me são indiferentes... Será que é tão difícil começar do zero, sem que o passado interfira no presente e no futuro, ou o que é difícil é saber lidar com os amores e desamores, com as alegrias e com as tristezas, com as conquistas e com as derrotas do passado... o que quero mesmo é esquecer o meu passado ou pelo menos que ele me seja indiferente... não quero sentir falta de tudo o que tive, de tudo o que me fez feliz... quero me entregar totalmente ao presente, quero encontrar alguém que desperte em mim de novo aquela paixão, quero amar, quero viver um amor... mas não consigo...talvez porque indirectamente queira encontrar uma relação semelhante à que tive, sei que é errado, e não queria pensar assim... sei que não pode ser assim, eu sei que tenho que dar um passo em frente e deixar o passado exactamente onde ele pertence, chega de pensar porque é que deu errado, chega de pensar nos porquês, chega de tentar encontrar respostas que sei que nunca as irei saber, chega de ver a felicidade dos outros e da minha nem sinas dela... ninguém é insubstituível, ninguém é de ninguém, e se toda a gente consegue refazer a vida eu também vou conseguir, quero encontrar um novo caminho, viver novas experiências, não posso é continuar a fechar portas, não posso ter medo de refazer a minha vida... tenho que ganhar mais confiança em mim mesma, ganhar auto-estima, amor próprio, não ter medo de ser quem sou... ser mais solta, mais extrovertida... é agora, é neste momento que eu vou por o passado atrás das costas e deixa-lo lá, não vou permitir que me continuem a relembrar, não quero saber mais nada acerca dele... passou é passado... fechei definitivamente este capitulo da minha vida e estou pronta e fazer um capitulo totalmente novo, e no que depender de mim mais bonito... é isso, hoje acordei sentei-me no cadeirão à frente da janela e pensei é este o momento para ser feliz basta eu querer...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado pelo comentário...

Mereces um docinho =)